24.2 C
Dourados
segunda-feira, agosto 15, 2022

Há 16 anos, morria o ex-deputado federal Ivo Cersósimo

- Publicidade -

O ex-deputado federal Ivo Cersósimo morreu no dia 31 de outubro de 2005, no Hospital Evangélico, em Dourados, onde estava internado após sofrer uma queda em sua residência. Ele tinha 71 anos de idade. Nasceu no dia 14 de novembro de 1933, em Pompéia (SP).

O prefeito Laerte Tetila decretou luto oficial no Município de Dourados por um período de três dias em homenagem ao ex-deputado, que também era advogado.

Ivo Cersósimo foi vereador, deputado estadual e deputado federal. Ele gostava de lembrar que foi o autor da lei, em Dourados, que instituiu a chamada “semana inglesa” – funcionamento do comércio, aos sábados, até ao meio-dia. E, também, da lei que denominou de Rua João Vicente Ferreira, a antiga Rua Municipal.

Ivo participou do processo de criação das Faculdades Integradas de Dourados como parte integrante do corpo de diretores da Socigran, em 1976.

Ivo era um parlamentar atuante e por isso recebeu título de Cidadania em vários municípios da região, como em Naviraí, Caarapó, Jateí, Glória de Dourados, Itaporã, Anaurilândia, Bataguassu e Ivinhema.

Ivo também era proprietário da Rádio Tupinambás, onde fez sucesso com seu programa diário “Tribuna do Povo”, em meados dos anos 90. Ele abordava principal-mente assuntos políticos e econômicos e atendia e encaminhava as reclamações dos ouvintes aos canais competentes.

Como desportista, Ivo atuou com seu irmão Roberto, e com o ex-vereador Ramão Moacir da Fonseca, o Dudu, na direção do Dragão Esporte Clube, equipe que trouxe vários jogadores de outros Estados, principalmente do Paraná. O Dragão tinha um time forte, que foi a sensação do futebol amador em meados da década de 70, proporcionando uma alternativa ao torcedor diante dos lendários Ubiratan e Operário.

Ivo Cersósimo era casado com a advogada Valderez de Oliveira, que faleceu no dia 20 de maio de 1998, aos 58 anos de idade, no Instituto Douradense do Coração. Ela foi presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer; presidente eleita do Rotary Cinqüentenário (gestão 1999/2000), presidente do Diretório Municipal do PMDB; e secretária municipal de Promoção Social. Sempre esteve ligada às causas sociais.

Trajetória política

Ivo Cersósimo iniciou sua carreira na política, em Dourados como vereador, eleito pelo PSD para a legislatura 1963-1967. Foi eleito deputado estadual pela Arena para o mandato de 1967-1971, ainda no Estado de Mato Grosso, e reeleito para o mandato de 1971-1975.

Com a divisão do Estado, ingressou no PMDB de Mato Grosso do Sul, a convite do ex-governador Wilson Barbosa Martins e foi eleito deputado estadual constituinte no período de 1983-1987, abdicando desse mandato em 1986 para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados, onde foi deputado federal também constituinte, de 1987-1991.

Em 1990, disputou a reeleição pelo PMDB mas não conseguiu sucesso. Nas eleições de 1998, Ivo disputou uma vaga na Assembleia Legislativa, mas não conseguiu se eleger.

Em setembro de 2008, a Comissão de Educação, Cultura e Esporte da Câmara Federal aprovou projeto de lei que denomina de “Rodovia Deputado Ivo Cersósimo” o trecho da BR-463 entre as cidades de Dourados e Ponta Porã.

“Marca indelével”

Em entrevista ao jornalista Vander Verão, do jornal O Progresso, em março de 1982, quando era candidato a deputado estadual (e foi eleito), Ivo Cersósimo, indagado sobre o momento político, onde ocorriam rumores de que ele poderia trocar o PMDB pelo PDS, disse que: “Deixei uma marca indelével em meu passado político, que recomenda um presente e futuro. Isto não é verdadeiro”.

Ivo foi eleito em 1982, para um mandato entre 1983/87, com 14.115 votos, sendo o 10º mais votado entre os 24 deputados constituintes eleitos.

Além de Ivo, foram eleitos deputados estaduais em 1982, por Dourados, Anis Faker (PMDB), 13.877 votos, Walter Carneiro (PDS), 12.195 votos e Roberto Djalma Barros (PDS), com 6.885 votos.Ivo entrou no PMDB a convite de Wilson Martins que, aliás, foi eleito o primeiro governador de Mato Grosso do Sul através de eleições diretas.(Vander Verão/jornalista aposentado)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Últimas Notícias

- Publicidade-